Polícia Civil recupera 26 cabeças de gado que foram furtadas em Davinópolis
21/10/2017 17:00 em Policial

No final da tarde do dia 18/10/17, Policiais Civis da 2ª DDP/Catalão, com o apoio de Policiais da 1ª DDP/Catalão e de Três Ranchos/GO, localizaram e recuperaram 26 cabeças de gado que foram furtadas de uma fazenda do município de Davinópolis na noite do dia 17/10/17. 

As diligências investigativas revelaram que um caminhão ¾ teria sido utilizado para realizar o transporte dos animais. Além disso, o exame pericial realizado no local do fato revelou as características pneumáticas do veículo. 

Diante das informações reunidas, os Policiais passaram a empreender diligências com o fito de localizar, na região de Catalão, veículos utilizados para o transporte de gado que se adequassem às evidências obtidas. 

No final da tarde, os Policiais localizaram tal veículo no Bairro Parque Imperial, no município de Catalão. Em contato com o Perito Criminal, obteve-se a informação de que tal veículo muito provavelmente teria sido o que fora utilizado para cometer o crime na noite anterior. 

FOTO: REDES SOCIAIS

O proprietário do veículo foi identificado como sendo E. P. B e foi conduzido para a Unidade Policial. Do mesmo modo, o caminhão foi apreendido e submetido a perícia criminal. E. confessou ter participado do furto dos animais, apontou o local para o qual eles foram levados e indicou S. M. A. como sendo a pessoa que o contactou e que, em companhia de um terceiro, ‘fechou’ o gado para o embarque/transporte.

Assim, e com o apoio de Policiais Militares da cidade de Davinópolis, S. foi localizado e conduzido para a 2ªDDP/Catalão. S. também confessou a autoria do furto, revelou a identidade da pessoa que o ajudou a reunir/embarcar o gado furtado e indicou o nome do mandante do crime, sendo que a Polícia Civil espera localizá-los nos próximos dias. E. e S. foram autuados em flagrante delito pelo crime tipificado no artigo 155, §4º, inciso IV, e §6º, do Código Penal e posteriormente recolhidos à UP de Catalão. 

Ambos são suspeitos de terem envolvimento com outros furtos de semoventes ocorridos na região e também poderão ser indiciados pelo crime de associação criminosa, a depender dos elementos que serão revelados pela investigação em andamento.

Na oportunidade, a Delegada Marcella Magalhães enaltece o trabalho da equipe de Policiais Civis da 2ª e 1ª DDP/Catalão, de Três Ranchos, e dos Policiais Militares de Davinópolis, que não mediram esforços para que a Vítima recuperasse os animais subtraídos, para que o crime fosse rapidamente solucionado e para que os seus autores fossem colocados às disposição da Justiça.

 

FONTE: Policia Civil de Goiás 

COMENTÁRIOS