Os mandamentos de Jesus: antenado e rigoroso, português regula o dia a dia do Flamengo
05/07/2019 17:15 em Esporte pelo mundo

Não é só dentro de campo que Jorge Jesus vem tentando revolucionar o Flamengo, com mudanças de conceitos, esquema tático e intensidade. Por mais que que dentro das quatro linhas sejam muitas as novidades, é fora dos gramados, de fato, que o jeitão do português tem chamado a atenção.

Centralizador, rigoroso, detalhista, perfeccionista, enérgico e apaixonado por futebol... todos os adjetivos fazem jus a Jorge Jesus. Alimentação, pontualidade, quilos a mais, disposição... nada passa despercebido pelo antenado treinador, que em duas semanas no Flamengo conseguiu impor seu estilo rapidamente.

Estilo esse que não é novidade. Em Portugal, os métodos de Jesus são conhecidos e, quase sempre, geraram bons resultados iniciais, mas que por vezes criou atritos a médio e longo prazo. Em alguns casos, houve saturação por parte dos atletas. No Benfica, por exemplo, havia o monitoramento do sono dos jogadores através de um relógio especial. Por ora, ainda não é o caso no Flamengo. Mas o jeitão do treinador tem dado o que falar.

 
Perfeccionista, Jorge Jesus é atento a todos os detalhes no dia a dia do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / FlamengoPerfeccionista, Jorge Jesus é atento a todos os detalhes no dia a dia do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Perfeccionista, Jorge Jesus é atento a todos os detalhes no dia a dia do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

A tendência, no entanto, é que com a volta dos jogos, geralmente duas vezes por semana, a carga de treinos e os excessos sejam suavizados. A intensa programação tem motivo. O treinador, que acabou de chegar, quer aproveitar ao máximo o período de intertemporada para preparar o elenco para a maratona de jogos decisivos que o Flamengo terá pela frente.

 

 

Regime militar

 

Com Jorge Jesus, todos os jogadores precisam começar a almoçar juntos. O treinador dá a sinalização ao capitão Diego, que avisa ao restante do elenco. Antes, existia mais flexibilidade.

Quando o treino é apenas em um período, nem sempre é obrigatório almoçar no CT. Isso varia de acordo com a programação. Também não é regra, mas o elenco tem como hábito tomar café da manhã no Ninho do Urubu. A maioria dos jogadores está “madrugando” no local.

Jorge Jesus também é rigoroso com questões do peso e percentual de gordura dos atletas.

 

Biometria e multa para os atrasados

 

 
Jorge Jesus corre com os jogadores e cobra muito em campo. Estilo enérgico não se restringe ao campo e bola — Foto: Alexandre Vidal / FlamengoJorge Jesus corre com os jogadores e cobra muito em campo. Estilo enérgico não se restringe ao campo e bola — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Jorge Jesus corre com os jogadores e cobra muito em campo. Estilo enérgico não se restringe ao campo e bola — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Multa para jogadores que se atrasam, a famosa "caixinha", não chega a ser novidade no Flamengo. Havia, por exemplo, na época de Abel Braga. Mas com Jorge Jesus o sistema é à prova de "jeitinho": biometria.

Quando chegam ao Ninho do, os jogadores colocam a digital em uma máquina, que registra o horário. Cada minuto de atraso corresponde a R$ 100 de multa.

Nos períodos entre almoço e treino da tarde, cada jogador tem seu quarto individual. E a entrada também é registrada por biometria na porta de cada acomodação. O novo módulo profissional do Ninho do Urubu possui 42 suítes, sendo 36 individuais e seis duplas. A tendência é que o elenco passe a se concentrar no local com a volta dos jogos.

COMENTÁRIOS
PARCEIROS