TRABALHADORES DA MITSUBISHI ENTRAM EM GREVE EM CATALÃO
14/10/2017 08:33 em Goiás
Os trabalhadores da montadora Mitsubishi entraram em greve nesta quarta-feira (11), após a rejeição, em assembleia, de duas propostas apresentadas pela empresa referentes ao valor de Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

Com a greve iniciada hoje, produção de carros na empresa está paralisada (Foto: Greve em dezembro/2016/Divulgação Simecat)

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (SIMECAT), as duas propostas apresentadas pela montadora foram consideradas insatisfatórias e foram rejeitadas pelos trabalhadores.

Conforme nota divulgada pelo SIMECAT, o movimento grevista continua por tempo indeterminado. Confira abaixo, a íntegra da nota divulgada pela assessoria de comunicação do SIMECAT:

Os trabalhadores da Mitsubishi, em Catalão, entraram em greve nesta quarta-feira (11). Desde março os metalúrgicos lutam para fechar o valor de Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e, desde agosto, estão em negociação pela campanha salarial, para reajuste de salário.

O Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (SIMECAT) esteve à frente das negociações, porém, as duas propostas apresentadas pela montadora foram consideradas insatisfatórias e rejeitadas pelos trabalhadores. As duas propostas apresentadas em assembleia nesta manhã foram tiradas ontem (10) da mesa de negociação. Com a aprovação da greve, a produção de carros está paralisada.

O movimento de greve continua por tempo indeterminado, sendo que todos os dias pela manhã os trabalhadores e o sindicato devem se reunir na porta da empresa, no Distrito Industrial. Por causa do feriado de N.S.Aparecida, amanhã (12), já estava no cronograma da empresa folga para os trabalhadores até sexta-feira. Sendo assim, as ações da greve serão retomadas na próxima segunda-feira (16).

Fonte: Portal Catalão

 
COMENTÁRIOS